All Posts By

Michele Pereira

Marketing Digital

Estrutura básica para construção de infoprodutos

26 de julho de 2020

Há diversos: ebooks, apostilas, cursos, video aulas, código fonte, templates, blog, podcast, aplicativos, palestras, masterclass, mentorias, etc.

Cada produto tem uma estrutura consideravelmente diferente, então você poderá esquematizar sempre em tópicos conforme a sua promessa.

Para facilitar na hora de você começar a criação de conteúdo, veja a lista abaixo:

  • Ebooks: Crie uma estrutura dos tópicos e capítulos do seu Ebook. Uma lista simples com o tema de cada capítulo e os sub-capítulos, ajudará bastante na estruturação do conteúdo.
  • Cursos Online: Crie a estrutura dos tópicos e módulos que vão compor o seu curso online. Listar todos os módulos vai ajudar bastante na produção do conteúdo.
  • Produtos de assinatura: Semelhante ao que acontece com os cursos online, você deverá criar uma lista de todos os tópicos e módulos que irão compor o seu produto de assinatura. Como o conteúdo é recorrente, recomendo que você trabalhe entre 2 a 4 semanas de antecedência, para evitar falhas ou bloqueio criativo na hora de produzir conteúdo.
  • Palestras e Masterclasses: Estruture todo o conteúdo da sua aula, incluindo os tópicos que você abordará ao longo de todo o conteúdo. Isso ajudará você a criar o material de suporte da aula e preparar o lançamento.
  • Templates (modelos prontos): Neste tipo de produto, é importante você esquematizar também o que você pretende produzir e vender ao seu cliente. Se for design ou vídeo, é importante ter uma lista de todos os materiais que você pretende produzir.
  • Mentorias: Neste caso, você precisa acima de tudo de estruturar corretamente a proposta de valor e tudo aquilo que você vai incluir na sua Mentoria, seja ela individual ou em grupo. O conteúdo vai depender da análise das dores e necessidades do cliente, mas é importante que você crie uma linha mestra de orientação, para que as sessões não saiam do escopo original do produto.
  • Consultorias: Semelhante às Mentorias, você precisa criar um escopo do projeto e uma linha mestra daquilo que você pretende ofertar aos seus potenciais clientes. Esquematize tudo aquilo que você deseja incluir no serviço.

Os melhores info-produtos são aqueles que contém informação, educação ou causa alguma transformação. Ou também ser tudo isso junto.

Você Já pensou em ter seu próprio info-produto?

Desenvolvimento pessoal

Como nosso cérebro aprende

26 de julho de 2020

Já prestou atenção em como as crianças tendem sempre a querer nos ensinar alguma coisas? Por que é que elas repetem as vezes algumas frases depois que aprendem?


Sente-se junto de uma criança de 2 anos e observe com ela conduz as brincadeiras, sempre querendo lhe ensinar a fazer isso ou aquilo ou aquele outro.
Eu tenho um filho de 2 anos e 9 meses que é o mestre da casa, sempre me ensinando quando estamos brincando e faço algo errado.


De acordo com o psiquiatra americano William Glasser, nós aprendemos 95% mais quando ensinamos aos outros. E isso por sí já explica o comportamento das crianças.
É dele a teoria da Pirâmide de aprendizagem, a qual eu conheci através de um stories em que a Dra @julifranzoi fez em 2017.


E por que eu estou falando isso aqui?
Primeiro porque eu estou aprendendo mais sobre comportamento humano. Segundo porque eu quero que vocês tomem isso como um estimulo para começar a fazer vídeos falando dos seus negócios nas redes sociais. Ensinando seus clientes sobre quem são vocês, sobre o que vocês fazendo ou vendem e principalmente do porquê que eles devem escolher comprar/contratar vocês.
Cada vez que eu converso com alguém sobre meu trabalho eu estou expandindo ainda mais meu conhecimento. Cada vez que eu faço um vídeo ou um stories aqui eu estou aprendendo muito junto com vocês.


Primeiro porque eu estou aprendendo mais sobre comportamento humano. Segundo porque eu quero que vocês tomem isso como um estimulo para começar a fazer vídeos falando dos seus negócios nas redes sociais. Ensinando seus clientes sobre quem são vocês, sobre o que vocês fazendo ou vendem e principalmente do porquê que eles devem escolher comprar/contratar vocês.
Cada vez que eu converso com alguém sobre meu trabalho eu estou expandindo ainda mais meu conhecimento. Cada vez que eu faço um vídeo ou um stories aqui eu estou aprendendo muito junto com vocês.


Segundo a teoria nós aprendemos:
10% quando lemos;
20% quando ouvimos;
30% quando observamos;
50% quando vemos e ouvimos;
70% quando discutimos com outros;
80% quando fazemos;
95% quando ensinamos aos outros.
.
Já recebi várias respostas tanto de parceiros, amigos ou seguidores aqui dizendo que não fazem vídeos, stories ou posts porque não sabem o que vão falar.
.
Então estou trazendo aqui está mais um motivo para você começar a fazer tudo isso: para aprender mais sobre você e sobre seu negócio. Quando você tiver clareza sobre quem você é, o que você faz e porque você faz, ficará muito mais fácil de você atrair e fidelizar seus clientes. 🤑
.
Esse é mais um exercício que deixo aqui para vocês! Vamos agir ?

Desenvolvimento pessoal

Você tem medo de trabalhar na internet?

24 de julho de 2020

O medo de trabalhar na internet pode impedir você de mudar de vida.

Antes de mais nada eu entendo que começar do zero pode ser muito assustador  e existem motivos para isso: a gente não vai ter controle de quase nada, não sabemos se vai dar certo, como vai acontecer, como as pessoas vão reagir, se seremos aceitas ou não.

Mas deixa eu te falar que você terá que superar isso muitas vezes, então a primeira coisa que você precisa fazer é acreditar no seu potencial, no potencial desse mercado, no potencial do seu negócio.

Se você acreditar você mesmo vai se boicotar o seu próprio negócio.

É fácil trabalhar na internet ? Depende. Vai dar trabalho? Vai dar trabalho! Vai ser cansativo? Vai ser muito cansativo!

Mas vai valer cada gota de suor, cada esforço, quando você ver o resultado. E eu nem estou falando de resultados financeiros, ainda.

Só que tudo isso só começa no primeiro passo que é você acreditar. 

É pra todo mundo?  Não. E sem enrolação, é para quem está disposto a fazer dar certo.

Faça uma pequena lista de alguns profissionais sérios e que estão envolvidos com negócios online e perceber quais são características comuns a todos eles. Não não se limite a ver somente o sucesso deles, vá a fundo e veja como eles começaram e o que eles fizeram.

Quando eu comecei eu também tive medo,  mas não era medo de não dar certo, porque eu sabia que ia conseguir fazer dar certo, demorasse o tempo que levasse. E eu sabia que poderia demorar um pouco, afinal os resultados não vão aparecer da noite para o dia só porque eu abri meu computador, escrevi meia dúzia de posts no instagram e publiquei pro mundo.

Aliás, quando eu abri minha primeira rede social para trabalhar com marketing digital em 2013 eu tinha 0 audiência. Zero experiência com internet e nem sabia como ia ganhar dinheiro com isso. Eu não sabia como ia levar minhas mensagens para o mundo. E foi pelo  facebook que era a rede social mais bombado do momento e onde até hoje as pessoas daquele meu produto gostam de estar. O instagram era ainda só usado para postar fotos com filtros bonitinhos. 

Eu não sabia do potencial da internet tinha, tão pouco que eu ia ficar milionária trabalhando online. (e eu nunca falei abertamente essa palavra por medo de parecer arrogante, mas meus resultados e conquistas já passam essa mensagem). Eu fiquei apaixonada pelo que eu estava fazendo, mesmo com medo e incerteza  em 2 semanas (não é mentira mesmo) eu larguei meu trabalho como advogada e foquei somente no meu negócio online. Lembro como se fosse ontem, foi no dia 15 de março de 2013. O máximo que poderia acontecer era não dar certo e eu ter que voltar a ser advogada. E tudo bem, não seria o fim do mundo..

Eu não estou falando que você irá ficar milionária em 15 dias nem que o trabalho é mais fácil do que o seu atual. Foram muitas, muitas horas de trabalho, até hoje preciso trabalhar bastante se quiser manter meus resultados. Foram Muitos estudos e muita pesquisa para saber o que eu queria fazer, qual a mensagem que eu queria passar, para quem eu gostaria de falar, o que eu queria entregar. ⁣

Deu medo, sim. ⁣ Me senti inferior, fui julgada principalmente por amigos e familiares que não entendiam como eu tinha largado uma profissão tão nobre, tantos anos de estudo e tanto dinheiro investido naquela carreira para ser “blogueirinha” na internet. E eu não tinha ninguém, além do meu marido, para conversar sobre esses assuntos. Marketing digital era e ainda é novidade no Brasil.

Mas, por mais difícil que seja começar qualquer coisa, por mais que você pense que ainda precisava falar melhor, ter um celular melhor, saber mais sobre sua área, você só precisa realmente dar o primeiro passo. ⁣

Porque é na falta desse primeiro passo que você perde as maiores oportunidades da sua vida. Dar esse passo é construir sua realidade e suas próprias oportunidades.

Eu sei que você já sabe do poder desse mercado. Do que um negócio digital pode proporcionar na sua vida.  Sei que você quer ter mais liberdade para ir para qualquer lugar do mundo mas, claro, quer ter a segurança de que vai ter dinheiro para isso e bancar aí suas despesas.

Talvez você não esteja satisfeita com o seu trabalho atual ou foi afetada pela pandemia como a maioria das pessoas. 

Então minha querida, a mensagem que eu quero te passar é de coragem e inspiração para que você dê esse primeiro passo e não perca as maiores oportunidades da sua vida. Dar esse passo para viver a vida que você tanto sonha.

E Digo também que podes contar comigo. Que eu estou aqui para ajudar você na construção do seu 1º negócio digital.


Desenvolvimento pessoal

5W2H

15 de julho de 2020

Desde que voltei a falar sobre negócios digitais eu estou recebendo mensagens de pessoas que estão indecisas de desgostosas de suas vidas profissionais. Outras tantas que já têm ideia do que querem fazer mas não sabem por onde começar. E ainda aqueles que já tem seus negócios rodando.

Eu vivi todas essas fases na minha vida, e somente quando eu fui em busca de autoconhecimento escolhi um caminho para seguir. Por isso hoje eu estou aqui trazendo esse método para vocês que se chama 5w2h.

É um método para a definição clara de um problema, causa ou solução, por meio de perguntas simples e objetivas. Também podemos dizer que é, na verdade, um checklist de atividades específicas que devem ser desenvolvidas com o máximo de clareza e eficiência.

Imagine, por exemplo, organizar uma festa: só o fato de montar uma tabela com a metodologia 5W2H vai te ajudar a ter muito mais controle de tudo, sobretudo dos gastos. Agora, pense na sua carreira ou sua empresa.

Você precisa responder às seguintes perguntas:

  • O quê ? (What) – É o assunto tratado
  • Quem? (Who) – Quem está envolvido
  • Quando? (When) – Em que momento, duração e frequência
  • Quanto? ( How much) – Custos ou quantidades
  • Por quê? (Why) – Objetivo, motivo, razão, propósito
  • Onde? (Where) – Onde vai acontecer, local
  • Como? (How) – Como 

Anote essas respostas em uma planilha, certifique-se que todas as informações básicas e fundamentais sejam bem definidas e então dê início a um plano de ação.

Você pode utilizar essa metodologia ou ferramenta tanto para sua vida pessoal quanto profissional e principalmente em seu negócio ou empresa.

Marketing Digital

Como definir seu público-alvo e persona?

7 de abril de 2020

Você já deve ter visto essa frase em algum lugar: “Não sei qual é o segredo do sucesso, mas o segredo do fracasso é tentar agradar a todos”.

Essa frase resume exatamente um grande e comum erro cometido por muitos pessoas pois é executado de uma maneira genérica e pouco eficaz a abordagem para atrair possíveis clientes.

Muitos acham que o seu público-alvo é qualquer pessoa precise de serviços ou produto, mas isso não é verdade.

Você acha que uma mensagem genérica seria capaz de atrair a atenção de qualquer perfil de pessoa?

O seu serviço pode até ser o mesmo, mas vamos supor que uma pessoa precise de serviços para maquiagem para noiva e receber uma mensagem de um maquiadora infantil, é muito provável que ela escolha um profissional diferente, que lhe garanta ser atender suas necessidades e solucionar os problemas daquela demanda.

Isso quer dizer que você seja uma maquiadora ruim e que não é capaz de fazer maquiagem para noiva, é possível que você também atenda aquelas demandas? Não, mas com uma mensagem genérica, que não era destinada para aquele perfil de pessoa ou problema, você não conseguiu deixar isso claro.

Por isso é importante que você conheça bem seu publico-alvo e defina sua persona..

PERSONA E  PÚBLICO-ALVO

PERSONA
são perfis fictícios, baseados nos seus clientes reais. E que representam seu cliente ideal. Ela é um personagem que reúne as principais características em comum do seu público-alvo. Logo, ela não deve ter o nome de clientes reais nem características de um pequeno grupo.

PÚBLICO ALVO  é um grupo de pessoas que compõem o perfil do cliente ideal para qual um determinado negócio se destina.

Exemplo de Público alvo:
Mulheres, advogadas, entre 22 e 35 anos, residem em Florianópolis/SC, possuem renda de aproximadamente R$5.000,00

Exemplo de Persona:
Sabrina Santos, tem 30 anos, é casada, tem 1 filho, gosta de praticar esporte, trabalha no período da tarde, é autônoma, gosta de cozinhar e faz curso de inglês a noite.

Eu elaborei o check lista abaixo com muitas perguntas que vão ajudar você na hora de de definir seu publico algo e sua persona.

DEFINA SUA PERSONA RESPONDENDO AS PERGUNTAS ABAIXO:

DEMOGRAFIA

Qual é o sexo?
Poder aquisitivo ?
Onde ele mora?
Qual a sua idade?
Qual profissão e onde ele trabalha?
Estado Civil?
Tem filhos?
Como prefere ser contatada?

*Isso lhe permitirá escolher o vocabulário mais adequado durante a construção de um artigo.

INFORMAÇÕES COMPORTAMENTAIS

Por que se interessa?
Hábitos de consumo?
Motivação de compra?
Compra mais pela razão ou pela emoção?
Em qual indústria investe mais seu dinheiro?
Que tecnologias utiliza?
Como gasta o tempo livre?
Como se atualiza?
Com que frequência acessa internet ?
Quais redes sociais usa?

PONTOS DE DOR
O que faz a pessoa não conseguir dormir à noite?
Qual é a sua preocupação?
O que dá medo no seu cliente?
Qual é o principal perigo que ele ainda não enxerga?
Quais são as principais fontes de dor do seu cliente?

*Algumas pessoas têm medo de perder dinheiro, enquanto outras têm medo de não se casar. Os medos podem ser os mais diversos, e eles lhe darão pistas preciosas sobre a personalidade do seu público .

Desejos
O que ela quer?
Quais são os sonhos do seu cliente?
O que ou quem o seu cliente aspira se tornar?

Necessidades
O que a pessoa precisa?
Quais são as maiores oportunidades que o seu cliente tem pela frente?
Existem oportunidades que ele ainda não enxerga?

Solução
O que o cliente acredita que vai solucionar o problema dele?
Como meu escritório pode ajuda-la?

A sua persona te ajudará a responder as perguntas abaixo e muitas outras.
 

Qual abordagem devo utilizar nos posts de blogs e mídias sociais e nas campanhas?
Que tipo de layout devo usar?
Em quais redes sociais devo me cadastrar?
Sobre qual tema devo escrever no blog?
Com quais blogs e sites devo firmar uma parceria de conteúdo?
Quais palavras-chave devo escolher para minha estratégia de SEO?
Como devo estruturar a minha landing page?
Google Adwords ou Facebook Ads? Ou ambos?
Como deve ser a periodicidade, o layout e a abordagem do e-mkt?

Agora é com você, colha essas informações em depoimento de seus clientes reais, mesmo que você tenha apenas 1 ou se não tiver você pode pressupor as informações e ir ajudando com o tempo.

Não se esqueça de voltar aqui para me contar se esse artigo te ajudou de algum jeito.

______________________________________________________________


Mídias Sociais Serviços

36 Capas para destaque do Instagram para baixar GRÁTIS

3 de abril de 2020

A Função DESTAQUES no Instagram servem para você salvar aquele post do Stories que você considera importante e que seria um verdadeiro “pecado” de sumir em 24 horas e foi uma das atualizações mais interessantes da plataforma em 2018.

Este recurso serve para você separar informações importantes dos outros Stories por temas de modo que deixa muito mais fácil para audiência localizar e separa daqueles outros Stories que não tem tanta relevância assim. Dessa forma você deixa o seu perfil mais organizado e interativo.

Para deixá-lo ainda mais profissional, ter uma capa personalizada faz toda a diferença! O mais indicado é você usar ícones, pela rápida identificação com o tema de cada destaque.

Esses ícones do destaque podem ser elaborados ou bem simples, de acordo com a paleta de cores do seu negócio. Mas na dúvida, use uma combinação preto e branco, que é simples mas se destaca!

Você pode desenvolver seus próprios icones com um Designer ou usar aplicativos, como photoshop, Canva ou Spark Post

Abaixo eu desenvolvi dois modelos com 18 ícones para você escolher, tem um vermelho e branco e um preto e branco.

Se você quiser algo mais personalizado, CLIQUE AQUI e solicite um orçamento via Whatsapp.

Clique no link abaixo do seu conjunto preferido e faça o DOWNLOAD GRÁTIS para usar no perfil!

CLIQUE AQUI E BAIXE GRÁTIS AS 18 CAPAS [Vermelho]

CLIQUE AQUI E BAIXE GRÁTIS AS 18 CAPAS [Preto]

Agora que você já baixou suas capas, imagino que você também queira aprender como colocar as Capas nos destaques.

Primeiramente, quero te informar que você só vai conseguir fazer essa operação pelo seu celular.

Existem 2 maneiras de você editar a capa dos DESTAQUES do seu instagram.

PRIMEIRA MANEIRA:

Primeiro clique em ‘“Novo”, no símbolo de mais (+); selecione os stories do seu arquivo que farão parte daquele destaque e clique em “Avançar”;

Depois acrescente o título para o ‘álbum’ escolhido com aquela capa;

Clique em “Editar Capa”, escolha da Capa que já está salva na sua galeria de fotos. Se achar necessário aumente ou centralize, como preferir; Em seguida, aperte em “Adicionar” e pronto: seu destaque está personalizado!

SEGUNDA MANEIRA:

No seu perfil, pressione o DESTAQUE que você deseja alterar ou acrescentar uma capa. Automaticamente vai subir uma aba e você vai clicar em EDITAR DESTAQUE.

Agora clique em EDITAR CAPA e depois clique no primeiro ícone que aparece junto com várias fotos e ele irá abrir sua galeria de fotos no celular. Busque a foto com a imagem da capa que você deseja personalizar .

Espero que tenhas gostado da dica e do tutorial. Se tiveres alguma dúvida sobre destaques ou o upload das capas podes deixar aqui nos comentários que estou disposta a lhe ajudar no que conseguir!

Mídias Sociais

5 dicas de como usar as Hashtags nas redes sociais

31 de março de 2020

1- NÃO SEPARE CADA PALAVRA POR HASHTAG 

A hashtag é lida por nosso cérebro de maneira separada. A leitura se torna chata, complicada e perde conteúdo a ser refratado para um determinado nicho. Por isso, não use hashtags de forma exagerada e não as separe por palavras, como: #eu #amo #a #Seguidores.com.br 

2- USE LETRA MAIÚSCULA 

É sempre recomendável o uso de uma palavra apenas na hashtag. No entanto, algumas marcas possuem muitas vezes dois nomes e uma só palavra na hashtag se torna improvável. Por isso, uma dica é utilizar letras maiúsculas para especificar cada palavra. 

3- NÃO ESCREVA MUITAS PALAVRAS JUNTAS 

A leitura fica complexa, as palavras se misturam e a estética da escrita fica feia.

4- PESQUISE A HASHTAG ANTES DE USAR 

Faça uma pequena pesquisa, veja a melhor maneira de usar a hashtag em questão, ou outra, se for o caso. Dessa forma, relacione o seu futuro post com os assuntos em alta, caso forem positivos. 

5- USE UMA HASHTAG QUE ESTEJA DE ACORDO COM O SUA POSTAGEM 

Muitas vezes, alguns posts tentam remeter a algo que foge do assunto do post. Por isso, atente-se a esse caso, o post e a hashtag precisam estar em sintonia.

Dicas para usar as hashtags em cada rede social

Facebookuma ou duas já é o suficiente. A introdução do uso de hashtags nesta rede social não funcionou bem no início. Com o passar do tempo, parece que se tornou benéfico o seu uso, sendo que o ideal é não passar de duas por post. 

Twitternão ultrapasse duas hashtags por tweet. Os posts com uma ou duas hashtags conseguem 21% mais engajamento e 55% mais retweets. 

Instagraminclua 11 ou mais hashtags na legenda da imagem. Muito se fala que não se deve abusar, mas no Instagram vence a corrida do engajamento quem compartilha imagens com mais de 11 hashtags. 

Google+: apesar da rede social atribuir hashtags aos seus posts baseando-se no seu conteúdo, você pode editar e adicionar novas. As hashtags sugeridas na pesquisa são uma ótima forma de descobrir novas relacionadas com as que você estava pensando utilizar.

empreendedorismo

Marcas que surgiram em momentos de crise

28 de março de 2020

Você já pensou o que pode tirar de aproveitamento dessa crise do COVID-19?

Historicamente, em momentos de crise, ideias geniais surgem na cabeça dos empreendedores. Muitas vezes sem saída para salvar o negócio, é a hora de tomar medidas extremas, exercitar a criatividade e aceitar os riscos de uma nova empreitada. Várias marcas que conhecemos hoje como referências surgiram assim e vou listar algumas delas para nos inspirar e acreditar que coisas boas sempre podem surgir diante de uma crise como esta que estamos vivendo.

AIRBNB: A crise mundial de 2008 fez com que muitas pessoas e empresas parassem para repensar o consumo, levando em consideração a recessão global, as novas tecnologias e redes sociais e um novo sentido sobre “compartilhamento”. Em meio à busca de baratear serviços, Brian Chesky, Joe Gebbia e Nathan Blecharczyk criaram naquele ano o Airbnb, em São Francisco, na Califórnia. A ideia era criar um mercado comunitário para pessoas anunciarem e reservarem acomodações em seus próprios imóveis. Hoje, a startup está avaliada em mais de US$ 31 bilhões.

FANTA: Mais uma invenção que surgiu em período de crise por causa da Segunda Guerra Mundial, a Fanta tem sua origem na Alemanha nazista. Uma sanção dos Aliados havia proibido a entrada do xarope que dá origem à Coca-Cola no país. A empresa tinha duas opções: fechar a fábrica alemã ou inventar um novo produto. A saída foi usar sobras de maçãs e leite para criar um novo refrigerante: a Fanta. O sabor foi sendo alterado nos anos que se seguiram, chegando à fórmula com laranja só em 1955, na Itália. Hoje, o refrigerante está presente em 188 países, com 92 sabores diferentes. É a terceira marca da The Coca-Cola Company em volume de vendas no mundo.

NUTELLA: Na devastada Itália do pós-Segunda Guerra, o cacau havia sumido dos campos. Foi aí que um confeiteiro da região do Piemonte, Pietro Ferrero, resolveu criar um creme mais em conta, feito de avelã, açúcar e somente uma pitada de cacau. Com o sucesso que a receita causou logo no interior italiano, o negócio só cresceu. Primeiro, era recheio de bolo, passou para um creme até virá objeto de desejo pelos loucos por doce. No período de 2013/2014, o Grupo Ferrero, detentor da marca, registrou um faturamento consolidado crescente de 8.4 bilhões de euros.

NESCAFÉ: A procura pelo café no início dos anos 1930 caiu consideravelmente em todo o mundo, prejudicando os produtores do Brasil, que, à época, tinha a maior produção do grão no planeta. Milhões de sacos de café estragado estavam sendo destruídos, até que a Nestlé teve a ideia, a pedido do governo brasileiro, de fazer com o produto o que já fazia com leite: transformar em pó. A intenção era torná-lo mais durável. O lançamento foi em 1938, alcançando rápido sucesso na Europa. Na época, os produtores de café torrado e moído fizeram grande pressão contra o novo produto, mas de nada adiantou. Atualmente, Nescafé é a marca é a mais valiosa da Nestlé.

UBER: Presente em cem cidades e atende cerca de 22 milhões de passageiros, Uber também surgiu em um momento do pós-crise de 2008, quando a economia dos Estados Unidos ainda se recuperava e muitas pessoas buscavam “bicos” para complementar a renda. O serviço, que foi criado porque os empreendedores Travis Kalanick e Garrett Camp tiveram dificuldade de pegar um táxi em Paris em uma noite de neve, inicialmente contava apenas com carros de luxo pretos. Foi quando os sócios perceberam que podiam oferecer um serviço padrão num mundo cada vez mais globalizado, mas com um preço mais acessível e numa nova lógica de se locomover nas cidades.

A crise é um excelente momento para pensar, ter ideias e pensar em inovação. Se o sucesso do seu investimento vai se confirmar, não há como garantir, pois há vários fatores envolvidos. Mas a dica é continuar criando e inovando e aproveitar as oportunidades.

Lembre-se: Sempre parece impossível, até que seja feito. (Nelson Mandela).

Marketing Digital Marketing Juridico

5 motivos para investir no marketing jurídico digital

28 de março de 2020

Assegura sua credibilidade no mercado

O que você faria se alguém perguntasse qual é o site do seu escritório e você não tivesse um? Você com certeza ficaria desconcertado, não é mesmo? Um escritório que não possui um site é como uma pessoa sem identidade. E o marketing digital serve para isso: para que as pessoas passem a enxergar seu escritório e a confiar nele, pois elas terão sempre um canal de comunicação mais viável para entrar em contato quando precisarem. Isso se chama credibilidade!

Garante sua presença online

Atualmente, é praticamente impossível pensar em um mundo sem tecnologia, sem internet, sem as famosas redes sociais ou mesmo sem o nosso maior meio de comunicação: o e-mail. Para ter acesso a praticamente tudo o que queremos saber, basta uma busca no Google.

A nova geração não consegue abstrair um mundo sem tecnologia. Portanto, esse é o ambiente ideal para seu escritório se manter visível e conseguir aumentar sua carteira de clientes, alcançando um público excepcionalmente maior do que qualquer outro meio de comunicação.

Deixa seu escritório à frente dos concorrentes

Investir em marketing digital, com estratégias de alto nível, pode colocar seu escritório anos-luz à frente da concorrência no mercado em que atua. É a melhor forma de alcançar seu público. E mesmo que seus concorrentes também estejam no mercado online, tudo bem: a internet é um ambiente democrático, mas nela só vencem os melhores! E com certeza, com um marketing estratégico, você quer entrar nessa batalha para vencer, não é mesmo? Então, saia na frente!

Ajuda a atrair mais clientes em potencial

O marketing digital é o caminho mais curto para obter mais leads e adquirir maior interatividade com aqueles clientes que realmente possuem potencial fechar um contrato. Isso acontece porque esse tipo de marketing torna a seu escritório disponível 24 horas para o cliente, além de possibilitar a construção de um relacionamento mais próximo, o que ajudará a impulsionar as vendas dos seus serviços e transformar esse cliente em um divulgador de sua marca.

A relação entre custo x benefício é bem maior

Investir em marketing digital é bem mais barato do que os métodos mais tradicionais de marketing. Além do mais, o retorno obtido em campanhas estrategicamente bem elaboradas, utilizando-se das várias ferramentas digitais, é geralmente maior.

Uma forma de marketing bastante utilizada hoje no ambiente online é a chamado inbound marketing, que se baseia principalmente em ganhar o interesse das pessoas sem ser invasivo. E esse tipo de marketing chega a ser infinitamente mais barato do que o marketing tradicional, que pede recursos financeiros bem maiores.

Marketing Juridico

o que fideliza o cliente de fato?

27 de março de 2020

Difícil encontrar um advogado que não esteja em busca desse objetivo.

Afinal, ninguém quer ver os clientes que trabalhou duro para converter sumindo antes de saber o que aconteceu, concorda?

Saber como fidelizar clientes tornou-se imperativo para qualquer escritório, seja ela grande ou pequeno, especialmente em razão de um mercado saturado de profissionais como é a advocacia.

Mas é importante entender que essa fidelização vai além de oferecer um serviço de qualidade.

Trata-se de gerar engajamento criar valor, estreitar o relacionamento com uma comunicação objetiva e transparente, superar as expectativas e garantir o sucesso do seu cliente.

O processo de fidelização de um cliente de fato é bastante trabalhoso, mas não é uma tarefa impossível.

Eu sei que você está procurando formas eficientes de criar e manter clientes fiéis e por isso te aconselho a continuar essa leitura, pois ao final você estará apto para implementar estratégias para conquistar seus clientes e mantê-los fieis ao seu escritórios por muito tempo.

Talvez você esteja se perguntando exatamente isso: o que fideliza o cliente de fato?

Veja a lista:

  • Oferecer uma experiência de consumo exclusiva
  • Ter um atendimento ao cliente de qualidade
  • Antecipar suas necessidades
  • Empatia e personalização durante a venda dos seus serviços
  • Comunicação clara e objetiva
  • Transparência e flexibilidade durante a negociação
  • Programas de fidelidade com benefícios e ofertas exclusivos
  • Equipe bem treinada e focada na satisfação do cliente
  • Criação de um sentimento de comunidade e pertencimento
  • Saber aceitar críticas e sugestões dos clientes.

Ao aplicar boa parte das dicas, traçar sua estratégia de fidelização de clientes e começar a transformá-los em verdadeiros embaixadores da sua marca você terá um avanço positivo e um crescimento exponencial do seu escritório, consequentemente venderá mais serviços e aumentará seu faturamento.

Caso utilize alguma outra técnica para fidelizar e reter seus clientes, não deixe de compartilhar com a gente nos comentários.